Boletim de 29 de março de 2013
Assuntos particulares impediram o editor de preparar o boletim nas últimas semanas.

Agora a publicação dos boletins e a atualização das diversas páginas de conteúdo específico está voltando ao normal.

O editor aproveita para agradecer as palavras de força e encorajamento recebidas de inúmeros modelistas.
As Leis de Murphy aplicadas ao Ferromodelismo (conclusão)

Hoje concluímos a publicação das Leis de Murphy aplicadas ao Ferromodelismo. (Os artigos anteriores aparecem nos boletins de 18 e 25 de janeiro. Você pode acessá-los pelos links na coluna da direita.)

Art. 6º — A literatura de referência, isto é, revistas especializadas sobre o hobby, nunca atenderá às necessidades do modelista.

§ 1º — A literatura de referência irá se expandir além do espaço disponível;

§ 2º — Quanto maior a quantidade de literatura de referência, maior será a confusão;

§ 3º — Se o modelista perder um exemplar de qualquer revista de modelismo, esse exemplar será o que continha o artigo que precisa ler;

§ 4º — Se o modelista tiver de recorrer aos amigos para pedir emprestado um determinado exemplar de uma revista, todos esses amigos perderam, não compraram ou jogaram essa edição no lixo;

§ 5º — Quando o modelista possuir literatura de referência sobre um modelo em que está trabalhando, só irá encontrar a literatura depois de terminado o trabalho.

Art. 7º — O telefone sempre toca quando o modelista está pintando a parte mais delicada do modelo:

§ 1º — quando está sozinho em casa;

§ 2º — quando o telefone está no outro extremo da casa;

§ 3º — quando a chamada é engano.

Embarque na mídia: O pai do papa Francisco foi ferroviário

''Mario, pai de Francisco, trabalhou como empregado ferroviário''. (Parte da notícia que apareceu no Portal Globo. Leia a notícia toda, clicando aqui.)

Lançamento: vagão-tanque Frateschi
Imagem: Vagão-tanque TCD da Petrobrás
A Frateschi acaba de lançar um vagão-tanque TCD da Petrobrás. Está disponível em três numerações.
Lançamentos: Decais do Carlão

O Carlão, que no início deste mês completou sete anos produzindo decalques para ferromodelistas detalharem modelos de locomotivas, carros e vagões que rodaram e/ou rodam no Brasil, está lançando mais duas folhas de decalques. A página "Produtores" informa o endereço do Carlão.

Imagem: Decalque do Carlão

Imagem: Decalque do Carlão
A primeira folha, impressa em silk-screen, é para detalhamento de modelos em escala HO das Alco S1, Alco RS1 e Alco FA1 no esquema do primeiro padrão de pintura (cereja e creme) que a Estrada de Ferro Central do Brasil adotou para suas locomotivas diesel-elétrica. (Na foto vê-se uma fotografia em preto e branco de uma FA1, popularmente conhecida como Biriba. Infelizmente não existem fotografias coloridas da FA1 nesse padrão de pintura. No Museu do Trem, em Engenho de Dentro, existe uma S1 repintada nas cores cereja e creme.)
Imagem: Decalque do Carlão

Imagem: Decalque do Carlão
A segunda folha, impressa a laser, é para modelos HO das locomotivas SD45-2 e C30-7 da Progress Rail Services, que se estabeleceu no Brasil em junho de 2008, quando adquiriu o controle acionário da MGE Transportes, o maior fornecedor de serviços ferroviários do Brasil.
Lançamentos: Vídeos Trens e Ferrovias

O pessoal da Trens e Ferrovias está lançando três novos vídeos, sendo que um deles é na verdade um documentário bastante longo e composto de quatro DVDs.

Imagem: Trens e Ferrovias 172
O DVD nº 172 fala um pouco sobre várias ferrovias brasileiras, inclusive a bitolinha da antiga EFOM (Estrada de Ferro Oeste de Minas), a litorina de luxo e o trem Curitiba-Paranaguá (operados pela Serra Verde Express), o trem da Vale e o que está aparecendo na imprensa nos últimos dias: os gargalos ferroviários.
Imagem: Trens e Ferrovias 177
O DVD nº 177 é sobre construções centenárias, inclusive a famosa rotunda de 360º de Ribeirão Vermelho, MG.
Imagem: Trens e Ferrovias 173
E tem a coleção de quatro DVDs (173 a 176). São mais de cinco horas de um documentário produzido pelo Canal History e National Geographic sobre ferrovias norte-americanas, inclusive com muitas imagens raras.

O endereço da Trens e Ferrovias está em nossa página "Produtores".
Parada em Jundiaí
Imagem: Jundiaí
Aconteceu em 23 e 24 de fevereiro o 3º Mercadão nos Trilhos. Realizado no Mercadão da cidade de Jundiaí, a proposta desse evento anual é divulgar o hobby num espaço bastante frequentado.

(Foto enviada pelo Rodolfo Sirmanas.)
Parada em Santa Fé do Sul
Imagem: Santa Fé do Sul
Nos últimos dias 16 e 17 Santa Fé do Sul, SP, realizou seu primeiro encontro de ferromodelismo. Como não podia deixar de ser, aconteceu na plataforma da estação ferroviária da cidade. Além de 11 maquetes na escala HO pertencentes ao pessoal da Associação Bebedourense de Ferreomodelismo, também estavam expostas composições de passageiro na escala N e locomotivas nas escalas HO e Z.

No encerramento do evento o prefeito da cidade, Armando Rossafa, anunciou para o próximo ano o segundo encontro.

(Informações e fotos enviadas pelo Claudio Martins.)
Parada em Campo Limpo Paulista
Imagem: Campo Limpo Paulista
Aconteceu no último dia 17 o 6º Encontro de Ferreomodelismo de Campo Limpo Paulista. Houve várias maquetes em várias escalas (HO, N, Z e O) além de um diorama.

(A foto acima, de autoria do Hélio N, mostra três vaporosas em escala HO expostas numa das maquetes. Informações enviadas pelo Cristovam Junior.)
Próxima parada: Porto Ferreira, SP
Imagem: Mostra em Porto Ferreira
A 1ª Mostra de Ferreomodelismo de Porto Ferreira acontecerá nos dias 6 e 7 de abril no horário de 10h a 17h. Será no Centro Cultural Fepasa.
Museu do Trem reabre
Imagem: Baronesa
O Museu do Trem, localizado onde ficavam as antigas oficinas da EFCB (Estrada de Ferro Central do Brasil) em Engenho de Dentro, RJ, está reabrindo as portas. O novo horário de funcionamento é de terça a sexta-feira, das 10h às 15h. (As informações constantes no site da antiga Rede Ferroviária Federal S.A. estão desatualizadas.)

Para quem não sabe, é no Museu do Trem que se encontra a Baronesa, a primeira locomotiva a trafegar no Brasil. Ali existe muito mais para ser visto, inclusive o Carro Imperial, que serviu ao imperador Dom Pedro II, e o Carro Presidencial, que serviu ao presidente Getúlio Vargas.

Apesar de contar com apenas dois funcionários, um esforço sobre-humano vai ser realizado para que essa reabertura possa acontecer. Por enquanto não abrirá aos sábados e domingos, mas já se estuda a possibilidade de funcionamento em determinadas ocasiões especiais e/ou feriados.

O endereço: Rua Arquias Cordeiro, 1046, Engenho de Dentro, RJ
Expresso Portal do Trem
Crocodilo x Baratinha

O vídeo mostra uma locomotiva elétrica fabricada em 1926 e pertencente à SBB, ferrovia nacional suíça. Existem algumas outras de ''design'' muito parecido e que serviram na Suíça, Alemanha e Áustria, tendo todas recebido o apelido de ''Krokodil'' (Crocodilo). No Brasil também tivemos locomotivas bem parecidas, que aqui receberam o apelido de ''Baratinha'' e ''Baratona''. No Brasil a ''Baratinha'' começou a operar em 1921, quase 100 anos atrás!

Trem puxado por 7 (!) locomotivas chegando à estação de Lages, SC (sugestão de Luis Quintiero)
Maquete do Museu da Ciência e Indústria de Chicago




O primeiro vídeo, com imagem acelerada, dá uma ideia do tamanho da maquete. O brasileiro Marcelo Lordeiro, um dos "Amigos da Linha", participou da sua construção.

Dica: Pintura de micro detalhes

Para pintar pequenos detalhes, ''afie'' a ponta de um palito de dentes. Para isso você pode usar lixa bem fina para madeira. Em seguida mergulhe a ponta na tinta e aplique com cuidado no modelo que está pintando. É possível utilizar essa técnica em qualquer detalhe minúsculo, como limpador de pára-brisa ou tampa de tanque de combustível.

(Adaptado de uma dica feita por Dave Ferrari e postada no site da Atlas.)

Colírio ferroviário
Imagem: Autotrem
Nas décadas de 60 e 70 circularam no Brasil os chamados autotrens. Atendiam a duas finalidades: transportar veículos 0 km e caminhões cujo destino geralmente passava por estradas ruins.

(Foto do acervo da Rede Ferroviária Federal S.A.)
Caboose

Agradecemos ao Tony Belviso por partilhar a foto do Colírio Ferroviário, ao Dave Ferrari pela dica, ao Rodolfo Sirmanas, ao Claudio Martins, ao Cristovam Junior e ao Hélio N pelas informações e fotos dos encontros recentes e ao Luis Quintiero pela sugestão para o Expresso Portal do Trem.

Atualizamos as páginas "Lojas virtuais no Brasil" e "Clubes & associações".

Marcio Redondo (editor@portaldotrem.com.br)

Portal do Trem: Um site de ferromodelistas para ferromodelistas